Lições 21-30

21.       Quem procura muito, valoriza mais, paga bem ou defende com vigor um quase campeão, um quase vencedor, um quase formado, um quase honesto, um quase marido, uma quase esposa, um quase professor, um quase médico ou qualquer quase qualquer coisa? Só os quase qualquer outra coisa. Não os divinamente humanos e humanamente divinos.

22.       Para quem não conhece a própria doença não aparece médico que a conheça, e para quem não sente o peso da própria ignorância todo professor é um peso. A humildade abre as portas da cura e da sabedoria. Mas, não não confunda a humildade com a simploriedade.

23.       Todo caminho parece errado e todo guia cheira a mercenário e cego para quem não sabe onde está nem aonde quer chegar.

24.       O que diz a lei da gravidade? Quanto mais peso, mais ao fundo. Então, seja leve, pegue leve, se quer subir alto. Livre-se dos pesos inúteis, pessoas e coisas que são como vampiros e lobisomens: somente das luas, das noites, das comidas, das bebidas e do passado.

25.       Se não usa, não funciona, não embeleza, não alimenta, não refresca, não protege, não alegra, não cura e só toma espaço, tempo, saúde ou dinheiro, venda, dê ou jogue fora. Agora! Já!. A Vida atrasa e empobrece quem leva cruzes ou bagagens inúteis.

26.       Todo professor é ruim para quem não sabe para que estudar e até as portas abertas são inúteis para quem não sabe para onde ir.

27.       Se você acha o caminho do saber cheio de pedras, desafios e lucros pequenos, você não analisou sistêmicamente a extensão dos tropeços, problemas e prejuízos sofridos e causados pela ignorância.

28.       Você é uma pessoa tão especial que eu gostaria que você fosse eterna, se é que você ainda não é. Se você buscou chegar até aqui é porque a Vida buscou você primeiro e o trouxe até aqui, por causa da fome e sede de sabedoria e justiça que há em você. Portanto, você é mesmo uma jóia da humanidade e tem tudo para ser uma pessoa humanamente divina e divinamente humana, pois tem o poder e a força da vontade, que vem da fidelidade (fé) aos seus propósitos e compromissos. Avancemos.

29.       Queres viver com plenitude de vida? Um “esporte” realmente radical? Mais adrenalina? Mais emoção? Dá a tua vida, o teu coração: empresta teus braços, tuas pernas, teus olhos, teus ouvidos, teu nariz e tua voz aos que, não por escolha, mas vítimas de malvados, foram, de alguma forma, amputados, amarrados, cegados, ensurdecidos, sufocados ou emudecidos, a ponto de se tornarem insensíveis à dor e perderem o gosto e o sabor pela vida.

30.   Lute com coração valente para fazer das virtudes seus Reis e Rainhas e dos vícios seus servos e escravos, a qualquer custo, até mesmo da própria vida, se não quiser ser contado entre os escravagistas nem entre os escravos dos humanos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s