Lições da Vida 1-10

 

 

1-      A Vida é um Fogo Abrasador que só se une ao Amor e geram o Fulgor. Esse Fulgor, na terra, se chama humanidade e é alimentado e alimentador dos seus patriarcas e descendentes, e voa com seis asas, as chamas chamadas na Negociação. É destes Conhecimentos e Sabedoria, Mistérios, Astros e seus Satélites, magia, astrologia e numerologia, que se compõe esta coletânea, valorizando o que é Ciência e evitando o que é “blá-blá-blá ou “chutência”.

Notas: Fogo Abrasador=Infinito, Eterno, sem princípio e sem fim, onipresente, onipotente, onisciente, com poder de dar a vida ou a morte, gerar chamas ou cinzas, luz ou trevas.<> Amor=razão de ser e propósito para a Vida. O Alfa e o Omega de toda criação. Aqui está, entre outros, a Liberdade na unidade, o socialismo.<> Fulgor=a manifestação material vivente (ex: vida terrena) provida de alma (corpo,tempo e espaço condicionados). Aqui está, entre outros, o capitalismo. <> Asas: os círculos de relacionamentos vitais, responsáveis pela formação dos determinantes mentais e pelo Sustento (comunicação-trocas de produtos, serviços ou forças: trabalho, dinheiro etc.)  
_____________________________________

 

2-               Viver não é ter dinheiro para qualquer vida, é ter vida para qualquer dinheiro.

______________________________________

3-               Com fome e sem preguiça qualquer um pode aprender sozinho a pescar o seu peixe, mas aprender a brunir Espadas requer treinadores que tenham as cicatrizes do seu Mestre de Espadas.

______________________________________

4-               Se eu tivesse a mesma concepção que os religiosos equivocados têm de Deus seria mais inteligente ser ateu, para poder fazer-me, eu mesmo, o meu único deus, o meu principal amor e o meu mais importante negócio. Porém, se eu tivesse a mesma concepção que os ateus têm de Deus, seria mais inteligente renunciar à vida. Senão, que inteligência seria a minha se eu preferisse continuar num sistema de formigas, no qual eu teria mil vezes mais do que precisaria para sobreviver, mas continuaria morrendo? E no qual tudo que eu faço para conseguir um tempo de alívio e prazer custa-me dez tempos de dor e sofrimento? Todavia, ninguém em bom juízo se faz homicida de si mesmo e pelo suicidio renuncia à vida voluntariamente, pois sabe, ainda que intuitivamente, que há uma Esperança e um Caminho. A vocação sado-masoquista não pertence a quem tem projeto e compromisso para ser humanamente divino e, ao mesmo tempo, divinamente humano. Sem o conhecimento de um Deus real toda a lógica da vida se revela falsa e toda a ciência vista na mecânica celeste fica sem fundamento. Logo, sem a perspectiva de vida eterna, a vida presente perde o sentido e a razão de ser, e a ética e a estética ficam ao arbítrio do vale tudo, do quem não bate apanha, do quem pode mais chora menos e do salve-se quem puder.

_____________________________________

5-               Livre-se de confundir o entendimento de Espiritualidade com o de religiosidade, se quiser dizer com propriedade “non ducor duco” (não sou conduzido, conduzo).

_____________________________________

6-               Sem a perspectiva de vida eterna qualquer riqueza vira pó, briza e pobreza.

_____________________________________

7-               Escolher a Vida, ser um vivedor e não um morredor, é a primeira e única opção em que usamos o livre arbítrio com absoluta originalidade e legitimidade. Todas as outras escolhas da vida de cada um não são verdadeiras escolhas por livre arbítrio legítimo, pois recebem influências e imposições externas dos ideais, necessidades e relacionamentos gerados a partir daquela primeira escolha. Se esse constrangimento não fosse considerado, o perdão aos que não sabem o que fazem seria injusto. Ai daqueles a quem a Vida se revela e rejeitam os tesouros e prazeres da vida perenal, e escolhem só os tesouros e prazeres da vida terrenal, na ética à moda de Barrabás.

______________________________________

8-               O fardo mais pesado do mundo é a cruz do pagador de pecados. Nem em pensamento tente tomar esse lugar: você não foi feito para isso, você seria esmagado.

______________________________________

9-               Quem diz “Ah se eu soubesse disso quando tinha 15 anos”, provavelmente de nada adiantaria ter sabido antes nem adiantará saber agora, pois quem não vibra com boas novas em qualquer idade deixou envelhecer o coração.

________________________________________

10-          As três principais escolhas da vida, para quem escolhe a Vida, para que viva e vivam seus descendentes, estão na “Ordem do D.I.A.”, chamada assim para facilitar a memorização, nesta ordem:

“D”: a escolha do seu Deus ou seus deuses; o que ou a quem a pessoa adora e, de tanto adorar, assume sua imagem e semelhança, e faz disso seu tesouro e nele põe o seu coração, para preencher o seu vazio, para alimentar seus valores, crenças, princípios e paradigmas, fazer a cabeça, manter os determinantes mentais e garantir ir além do possível e realizar o impossível dos homens. Esta escolha influencia o resultado das relações e comunicações transpessoais e a satisfação do instinto de extrinsecidade da pessoa, que regulam sua independência e individualidade espiritual e intelectual para o exercício, principalmente, da constância, da persistência e da fidelidade (fé), entre outros atributos pessoais de caráter e personalidade.

“I”: a escolha da sua Indústria do “indinheiramento”, aquilo que será sua ferramenta para o sustento e enriquecimento da vida, seu ofício, trabalho, profissão, enfim, sua independência financeira e econômica, seu Dinheiro, sua moeda de troca. Esta escolha  influencia no resultado das relações e comunicações interpessoais e é, também, importante determinante do sucesso social.

“A”: a escolha do seu Amor, afeto, alegria, sua auto-ajuda, alinhamento, avanço, aumento, amarra do barco nas tempestades, seu prazer, seu reforço, consolo e conforto, ou seja, a escolha da pessoa que será seu par, seu cônjuge, que ajudará e se alegrará com você nas coisas desta trilogia da Vida. Esta escolha influencia no resultado das relações e comunicações intrapessoais e no sucesso da reprodutividade e multiplicidade da pessoa.

________________________________________

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s