Lições da Vida: 11-20

11-                O segredo e a fórmula do sucesso:

Se você começou a ler este livro buscando uma resposta rápida, mais para o seu sucesso material e social do que para seu desenvolvimento humano integral, não precisa ler o livro todo: basta entender e executar a fórmula seguinte e ir à luta:

sucesso = [ meditação + (objetivação + capacitação ) + comunicação + (ação + reação) + coroação ]

Isto também evitará que você precise obrigatoriamente ler quaisquer livros que prometam: o segredo, o milagre, a mágica, as chaves, os passos, o mapa, a mina, os atalhos, as dicas, entre tantas outras ofertas de coisas que são fáceis, rápidas, baratas e não requerem prática nem tampouco habilidade, para obter-se sucesso, riqueza e felicidade.

Só o trabalho com paixão é visto como perfeição, atrai a multidão e produz do primeiro ao último milhão.

Meditação faz parte também da capacitação pelo estudo e não é só ficar repetindo alguns sons ou pensamentos abstratos, é realizar mentalmente a realidade que você apreendeu e compatibilizá-la com a que você quer apreender.

A ação, mesmo que do jeito errado, sempre ensina o caminho para os humildes de coração, mas o prepotente e arrogante entende que valor e honra é lutar sozinho, e perde até mesmo quando ganha.

Mas, se quer também felicidade e não só ficar na materialidade das riquezas, troque a palavra inicial da fórmula, meditação, por oração.

Porém, entenda oração como busca do querer fazer, do saber fazer, do poder fazer e do dever fazer, busca por meio do exercício da razão da espiritualidade e não como exercício de rituais religiosos.

Examine bem a fonte onde você beberá essas virtudes e poderes e quem é a razão da sua espiritualidade, pois…

…Fé sem razão não é fé, é superstição, não é fidelidade, é compulsão, e vende como se fosse esperança o que na verdade é ilusão.

Evite confundir seus determinantes mentais – conceitos, crenças, valores e paradigmas – com entendimentos equivocados, pervertidos ou até invertidos, para evitar o raciocínio lento, confusão mental e bloqueios psicológicos, intuitividade incompetente, erros de julgamento, tomada de decisões erradas, atitudes e ações inadequadas e ineficazes, entre outros males e distúrbios.

Os principais determinantes mentais que a maioria das pessoas vivem trocando um pelo outro ou até invertendo seus valores e efeitos são: espiritualidade-X-religiosidade, amor-X-dependência, justiça-X-vingança, perdão-X-conivência, castigo-X-punição, entre outros determinantes mentais essenciais.

Se for preciso faça análise entusiástica dos determinantes mentais (veja em links).

Sem pito não há rito e sem rito não há mito.

Lembre-se: sem Deus nada impede que os que adoram fazer o diabo roubem, extrupem e matem você e sua família sem que lei alguma ou alguém os veja ou pegue ou puna.

É difícil seguir a fórmula acima e ficar apenas no enriquecimento material.

_______________________________________

12-               Você é uma pessoa tão especial que eu gostaria que você fosse eterna, se é que você ainda não é. Se você buscou chegar até aqui é porque a Vida buscou você primeiro e o trouxe até aqui, por causa da fome e sede de sabedoria e justiça que há em você. Portanto, você é mesmo uma jóia da humanidade e tem tudo para ser uma pessoa humanamente divina e divinamente humana, pois tem o poder e a força da vontade, que vem da fidelidade (fé) aos seus propósitos e compromissos. Avancemos.

___________________________________

13-               A caminho do Caminho

Caminhante!

Disseram-te que não há Caminhos?
Que eles se fazem ao Caminhar?
Quem te disse, no alto fez de Luz seus ninhos?
Ou por túmulos, nos baixos, costumava andar?
De Morredor ou de Vivedor era seu lidar?
Isso te trouxe angustias ou te trouxe Paz?
Te fez belo e bom? ou fez soltar Barrabás?

O que diriam ao cansado e oprimido?
Ao que já não quer ser consolado,
Ao que já não pode caminhar?
Aumentará o peso do cajado?
Irá de colo a ovelha machucada?
Ou com chicote a fariam caminhar?
E aos mortos, quê se dirá?

Ouve agora! Um Caminho há.
Pastos Verdejantes e Águas Tranquilas
Que só os do Caminho podem apreciar
E todo Vivedor, até mesmo os loucos,
Por Ele andando não têm como errar.
Pois da Vida o vencedor é quem chegar nesse Caminho
Se primeiro, se último, até mesmo sem pontuar.

Sobe à Montanha e no teu Gólgota medita
Até todo teu coração odiar a lama
E ao ouvir a voz de amor que te procura e chama
Clama: qual o teu nome, ó voz bendita
Para acender em mim da Vida a chama
Para cessar em mim todo esse clamor?
E o eco te responderá: Amor…Amor…Amor…

_____________________________________

14-                   Disseram que “A Sabedoria para ser verdadeira deve ter um pouco de asneira, para que o Asno vendo, não pense que é besteira”. Porém, não se pode chamar de Sabedoria verdadeira aquela que não discerne quem é asno por opção e vontade, de quem está asno por força de circunstâncias ou crendice em falsos mestres e “gurus”. Essa “sabedoria” vê, descreve ou discrimina humanos, rotulando-os com nomes que carregam os atributos de personalidade e caráter de animais ou quasímodos bestiais, mas com alma humana, à Victor Hugo em “Notre Dame de Paris”. Portanto, humanos feitos à imagem e semelhança do zoológico* e do mundo das sombras* frequentado pela pretensa literatura da auto-ajuda ilusória**.
     Há os que, por livre arbítrio, enfraquecem o poder espiritual humano e fortalecem apenas o poder animal, ou seja, rejeitam a vida, para que vivam como vivedores, e também vivam seus descendentes, e escolhem, dia-a-dia, continuar na morte, serem morredores, à semelhança de animais e vegetais. Desses só posso dizer que nunca os vi se alimentando de páginas de Sabedoria. Eles só buscam Capim Novo ou Carnes novas, Sombra e Água Fresca, e nessas sabedorias eles são mestres, não precisam destas páginas.
     Se atraídos por algum petisco a gosto encobrindo a Sabedoria, quando chegam nela refugam e saem rápido, escoiceando, mordendo e blasfemando. Não se joga Pérolas aos Porcos. Os que chegam aqui são trazidos pela Vida, e sabemos que a Vida não conduz nem apascenta os que, por opção, se fazem semelhantes a asnos ou porcos.

NOTAS:
* O imaginário do fácil, barato, rápido e que não requer prática nem tampouco habilidade, mas é misterioso e mágico, é vasto: asnos, porcos, ratos, tubarões, carpas, golfinhos, águias, patos, avestruzes, antas, zebras, burros, cavalos, serpentes, unicórnios, minotauros, lobisomens, vampiros, fadas, bruxas, magos, duendes, monstros, extra-terrestres, etc.
** Existe a literatura séria de auto-ajuda. Rara, mas existe, que forma determinantes mentais corretos, sem desvios ou inversões propositais ou mercenários, próprios daquela “literatura” que alimenta o bilionário mercado livresco, o cinema e a televisão coniventes, literatura esta instrumentalizada e servil a ideologias, falsas democracias, socialismos e capitalismos falsos e ao velho novo “mercado vigarista da fé”. Ao contrário desta, a literatura séria usa de metáforas e parábolas apropriadas e devidamente contextualizadas, com ciências, sem “chutências”, e nunca ofendendo a animais, comparando-os a humanos loucos, e muito menos ofendendo a humanos que foram forçados e violentados em seus direitos e deveres, propósitos e compromissos, por causa das circunstâncias adversas ou do ensino maquiavélico de falsos mestres e “gurús”.

_____________________________________

15-               É impossível falar das competências e virtudes para a Vida, o Amor e os Negócios, como, por exemplo: comunicação, intuitividade, criatividade, competitividade, produtividade e lucratividade, sem falar de Espiritualidade. Mas não confunda a espiritualidade com a religiosidade.

_____________________________________

16-               Fidelidade (fé) e Amor fazem milagres na vida, no amor e nos negócios. Infeliz de quem deixa para desenvolver estes poderes só no fim da vida ou mais como penitência religiosa do que como negócio principal e chave da vida.

_____________________________________

17-               Ser um vivedor ou ser um morredor? Não há meio termo: não escolher a vida é escolher permanecer na morte e repetir os mesmos erros dos nossos antepassados, e legar aos nossos descendentes os mesmos sofrimentos e dores que herdamos, as mesmas florestas destruídas, os mesmos rios poluídos, as mesmas fomes e sedes, o mesmo choro dos órfãos e viúvas, filhos das estúpidas guerras e das estúpidas “velhas raposas” governantes, de suas “elites” e dos que louvam ou votam em políticos, empresários e comunicadores corruptos.

_____________________________________

18-               Quem faz de si mesmo o seu próprio deus, o seu único amor e o seu principal negócio, para manter esse lugar tem compulsão para lutar contra quaisquer outros semideuses ou Deus.

_____________________________________

19-          Sem Deus nada impede que os que adoram fazer o diabo inventem o caminho do crime perfeito e roubem, matem e extrupem crianças, ingênuos e necessitados ou você, sua família e bens sem que lei alguma ou alguém consiga vê-los, pegá-los ou puní-los.

_________________________________________

20-          É impossível falar de Espiritualidade sem falar de eternidade. Crescer, multiplicar-se e perenizar-se está entre as primeiras Leis Naturais da Vida. Nenhuma pessoa, relacionamento ou empresa terá sucesso verdadeiro sem visar à perenização.

_________________________________________

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s