Lições do Amor: 31-40

31-               Os verdadeiros espertos deste mundo valorizam mais a beleza, a riqueza e o poder perenes que está em um cônjuge fiel do que a efemeridade de “princesas” e “príncipes” dominados pelo vinho misturado e pela sensualidade sem propósito.
 __________________________________________________

32-               Amor conjugal verdadeiro não é uma atração sexual constante que gera uma união sensual inconstante, é uma união sensual constante que gera uma atração sexual também constante.
 __________________________________________________

33-               Amor semelhante ao dos pais pelos filhos, dos artistas pelas suas obras e do Criador pelas suas criaturas, não é emoções gerando ações, é ações gerando emoções; não é uma necessidade que gera uma providência, é uma providência que gera uma necessidade. A consequência não pode ser a causa. 
 __________________________________________________

34-               O casamento é legitimado pelo amor e não pelo registro em cartório, que apenas o legaliza, nem pelo ritual religioso, que apenas o publicitiza. O que Deus uniu o homem não separa nem separa o homem, mas o que foi unido por circuntâncias ou conveniências legais, sociais, políticas, econômicas etc. separa o homem e pode e deve ser rompido tão logo comece a produzir empobrecimento e infelicidade, tristeza, doença,dor e morte em vida, pois manter um casamento nessas condições é adulterar e prostituir o princípio e a finalidade da união conjugal, que é o fortalecimento, o enriquecimento, a alegria e a felicidade da família, célula mater de povos e nações. Mas a célula mater da humanidade não é a família dos gerados na carne, é a família dos gerados no espírito, aqueles que escolhemos e nos escolhem, e se tornam mais chegados que um irmão.
 __________________________________________________

35-               A Família, o pai, a mãe, os filhos, os irmãos etc. não é legitimada por Deus em função de tradições humanas como cerimoniais religiosos e registros em cartórios, mas sim pelo amor que se reflete na união dos membros que amam uns aos outros nessa família. A união espiritual é mais forte do que a união sanguínea, religiosa ou legal, mas ela não descarta nem desrespeita o cumprimento dos ritos sociais, nem os ritos sociais têm poder de legislar sobre as bênçãos da união espiritual”
 __________________________________________________

36-               Você só precisa ser o melhor em uma coisa: ser o melhor para você mesmo. De resto, não queira ser o melhor em mais nada, mas queira estar sempre entre os melhores: é mais estimulante, mais lucrativo, mais perene, mais seguro, gera mais e melhor qualidade de vida e é ecológica e políticamente correto.
 __________________________________________________

37-               “Irai-vos e não pequeis: não se deite o sol sobre a vossa ira”. Poucos entendem para cumprir este mandamento corretamente, por pensarem que a raiva é um “pecado”. Não é. A indiferença é. Deus não peca e se ira. A raiva é uma virtude para proteger o amor contra a exploração da sua boa vontade, para que não se transforme em ingenuidade nem vire dependência, nem passe a confundir perdão com conivência.
 __________________________________________________

38-               Os dez mandamentos são a compactação dos outros mais de mil existentes na Bíblia, e que Jesus compactou ainda mais em um único, a saber: O amor a Deus, a si mesmo e ao seu próximo. De todos os mandamentos e preceitos bíblicos apenas um diz respeito à salvação da alma para a obtenção da vida eterna com Deus. Todos os demais mandamentos são para a qualidade de vida do Homem nos limites de tempo, espaço e matéria presentes. Não serão necessários depois disso onde só o amor permanece.
 __________________________________________________

39-               O coração é mais importante do que a inteligência. Tanto é assim que só o amor é capaz de superar até mesmo a morte, enquanto toda a inteligência do mundo só consegue chegar até aí.
 __________________________________________________

40-          Quem escolhe a vida busca unir-se a todos e a tudo que multiplicam a vida e as riquezas da vida. Esta é sua principal tarefa diária e nisto dedica seu principal tempo e recursos, num crescer e multiplicar-se constantes e, principalmente, num libertar-se constante da influência de tudo e de todos que o possam atrair e prender novamente à morte.
__________________________________________________

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s