Lições dos Negócios: 31-40

31-               Negociar é a arte de conseguir riquezas que não dependem só do nosso trabalho, por estarem essas riquezas nas mãos (posse) de outros, mas depende de fazermos com que esses outros se interessem por algo que temos e queiram trocar, e abram mão do nível de exigências que fazem e impedem de termos o que queremos deles, até que cheguem a um nível que podemos atender as exigências feitas. Em troca também abrimos mão do nível inicial de nossos valores até chegarmos aos níveis que interessam a eles, e todos saem ganhando. Esse é o jogo do lucra-lucra: lucra-se no presente e lucra-se no futuro, sustento e perenização são satisfeitos e todos saem ganhando. Mas se um ganha e outro perde não houve negociação, mas alguém se enganou ou foi enganado e cedeu o que não devia ou não podia. Isso sempre leva ao rompimento de negociações futuras e a perder clientes e amigos. Aí todos perdem. Em suma, negociar é a arte de fazer-se com que duas partes intransigentes saiam de suas posições desconfortáveis de desejos não realizados e se encontrem numa nova posição confortável de entendimento e desejos realizados, qualquer que seja o objeto da negociação: lucros financeiros, econômicos, patrimoniais, políticos, sociais, afetivos, sexuais etc. 
 __________________________________________________

32-               Todo Pão vem do Céu, mas não cai nas nossas mãos: cai na forma e no lugar que o Céu quer, para manter os humanos em atividade e exercitar neles a participatividade, a criatividade, o trabalho em equipe, o amor e a fidelidade. A Vida só premia os ativos vivedores, por seus méritos para com os incapacitados e os desamparados órfãos e viúvas, mas os preguiçosos e fraudulentos têm outro premiador. Porém, o juiz de todos é um só: a Vida, cuja ausência chamamos de morte.
 __________________________________________________

33-               Negociar é a arte de fazer com que bocas e ouvidos se abram e cérebros se entendam, para fazer com que ambos os lados da negociação abram as mãos, cada um, do seu objeto em negociação. Geralmente, de um lado é alguma mercadoria ou serviço e do outro lado é o dinheiro. Cada um abre a mão para deixar que sua posse na negociação saia dela e a mão se feche sobre o objeto do desejo que estava na mão do outro.
 __________________________________________________

34-               Você pode tornar-se o maior vendedor de geladeiras em países gelados, se o fato de ninguém usar geladeiras por lá for visto por você como uma oportunidade e não como um problema. A diferença está muito mais em vislumbrar sua geladeira com valor agregado que a torne algo mais que apenas uma fábrica caseira de gelo e muito menos em ver que o povo de lá não usa geladeiras ainda.
 __________________________________________________

35-               As dificuldades e incompatibilidades nas relações e comunicações intra, trans e interpessoais, são motivadas, geralmente, mais pela falta de memória da história desses relacionamentos do que pela infidelidade real ao manual e regimento da missão, visão e valores das instituições, empresas e pessoas envolvidas nesses relacionamentos.
 __________________________________________________

36-               Dinheiro não é tudo para o vivedor: é no máximo 90%. Mas para o morredor nem 100% o faz ficar de bem com a Vida.
 __________________________________________________

37-               O vivedor sempre restitui à Vida o dízimo de tudo que recebe da Vida e, por isso, sempre deixa as condições deste mundo um pouco melhor do que quando o encontrou.
 __________________________________________________

38-               Quem pensa que dízimo é só dinheiro ou que dinheiro é só papel ou metal, viverá pelo papel e metal e terá família, filhos, amigos e vida só no papel ou no vil metal.
 __________________________________________________

39-               Dinheiro de verdade é mais que apenas moeda corrente, é tudo aquilo que dá sustento à saúde física, intelectual e espiritual, isto é, ao ser humano integral.
 __________________________________________________

40-          Só quando o poder sobre a sua vida estiver em suas próprias mãos ou nas mãos do Rei do rei é que você pode ir contra o rei. Muitos dos que perdem a função e o cargo, e até mesmo a vida, perdem por desprezarem este simples preceito.
 __________________________________________________

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s